Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Como anunciar uma gravidez

por A Pipoca Mais Doce, em 15.03.13

Texto escrito a 16 de Janeiro

 

Ao grupo de amigos mais próximo:

Aproveitar o facto de ser passagem de ano para, à meia-noite, sugerir um brinde. "Um brinde aos dois... não, um brinde aos três!!!". Convém ter os ouvidos preparados para o conjunto de gritos e guinchos que se podem seguir. Convém também não esquecer que é provável que já haja pessoas alcoolizadas, o que pode exacerbar as emoções e manifestações de alegria.
A uma amiga que nos enviou uma mensagem a dizer que o José Raposo e a Sara Barradas estão a pensar ter um filho:
Convidá-la para jantar lá em casa e, assim do nada, perguntar "sabes quem é que também vai ter um filho para além do José Raposo e da Sara Barradas? EU!"
Não é uma versão particularmente fofinha nem romântica. E corre-se o risco de, passado não sei quanto tempo, a amiga ainda nos continuar a dizer "eu não acredito que usaste o José Raposo para me anunciares a tua gravidez"
A uma amiga com quem se está a almoçar e nos pergunta "então e vocês, não estão a pensar ter filhos?":
Desvalorizar a questão e responder "sim, se tudo correr bem lá para Agosto já cá está". Em seguida, olhar para a cara de confusão dela e vê-la a fazer contas mentalmente. "Mas... então.. Agosto.. então mas estamos em Janeiro... espera... mas... ESTÁS GRÁVIDA?"
Aos pais:
Aproveitar o dia dos nossos anos para dizer "ah, eu também tenho um presente para vocês. Se tudo correr bem, lá para Agosto vão ser avós!!!!". Tentarmos abstrair-nos do facto que, ao anunciarmos uma gravidez, estamos também a dizer aos nossos pais que temos uma vida sexual. Nada que eles já não soubessem, mas é sempre assim coiso assumir.
Aos sogros e restante família:
Aproveitar o nosso jantar de anos para mostrar os presentes que recebemos e, pelo meio, mostrar também o babygrow minúsculo que o marido nos ofertou. Esperar pelas reacções. Silêncio. Sogra é a primeira a falar e pergunta "ah... é para o Manolo?". Silêncio. Esperar por mais reacções. Finalmente, alguém pergunta : "estás grávida???". Mais silêncio e incredulidade. "A sério? Estás mesmo grávida? A sério? Estás mesmo
grávida?". Confirmar e aguardar pelos festejos.
-------
Adenda ao post:
Como anunciar às restantes amigas:
Organizar um jantar de mulheres no Dia dos Namorados (curiosamente, o dia em que se fez a ecografia dos três meses e em que se confirmou que estava tudo ok) e, entre um risotto e uma pasta, sugerir mais um brinde de Coca-Cola e anunciar a coisa.
Como anunciar a 50 mil pessoas ao mesmo tempo:
Ter um blog há nove anos e espetar lá com a notícia. Depois de, claro, se ter contado primeiro a todos os amigos e familiares que interessam.
Acho que no nosso caso correu tudo bem, mas isto de anunciar uma gravidez pode dar chatices. Conta-se primeiro aos pais ou aos sogros? E que amiga é escolhida para saber em primeiro lugar? E tem de ser pessoalmente ou dá só para enviar uma mensagem? Tanto quanto sei, acho que não há ninguém chateado connosco por só ter sabido depois deste ou daquele, mas isto nunca se sabe. Há muita sensibilidade para gerir, por isso pensem bem no assunto antes de se porem com ideias de anunciar. Nós só contámos a meia dúzia de pessoas antes dos três meses, os restantes esperaram. Preferimos assim. Não por superstição ou coisa do género, mas porque ter de lidar com as expectativas e ansiedades dos outros nem sempre é agradável. Mas há quem conte logo, ainda com poucas semanas de gravidez, e não tenha problema nenhum com isso. Eu acho que ambas as hipóteses são válidas. Achei melhor esperar porque, lá está, se a coisa corresse mal, não queria ter 67 mil pessoas a falarem do assunto. Mas, a verdade, é que as coisas podem correr mal a qualquer altura, e acredito que aí também saiba bem ter algumas palavrinhas de apoio e compreensão. Basicamente, acho que cada um deve fazer o que achar melhor. Mas lá que é difícil aguentar três meses sem abrir a boca, isso é, vos garanto. Como é que, durante três meses, se guarda um segredo que está a dominar completamente a nossa vida? E parece que quanto mais a pessoa quer esconder, mais se fala no assunto. A quantidade de conversas que eu tive sobre gravidez, já sabendo que estava grávida. Não é fácil!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:22


18 comentários

De Kiss me a 15.03.2013 às 09:50

Uma amiga minha (que vai ter o bebé lá para Junho e que acho que também lê este blogue) anunciou-me de uma forma deliciosa. No aniversário da irmã dela, com a avó de ambas lá presente, diz-nos (a mim e à minha mãe): "Não acham que a minha avó hoje está muito bonita?" e nós "Claro, está linda, como sempre!". Ela: "Mas não acham que ela está mesmo muito bonita e jovem para....bisavó?". Maravilhoso

De Xoaninha a 15.03.2013 às 10:53

Muitos parabéns por mais um fantástico blog e adorei este post pois revi-me imenso nele! Quando à 6 meses anunciei aos meus amigos que estava grávida foi tal e qual como refere..."Então e vocês, para quando mais um filhote?" e a resposta rápida "...para Abril" é fantástico ver as caras deles baralhadas a fazer as contas!

De Anónimo a 15.03.2013 às 10:53

Ter conversas sobre gravidez e estar grávida de primeira viagem e não poder dar opiniões fundadas é do pior!
Fiz tanta pergunta parva sobre o assunto a amigas minhas que estavam grávidas de mais tempo do que eu, que foi ridículo! Mas tudo a bem de não se descobrir o segredo.
Já o meu marido foi péssimo a disfarçar, do género, em casa de amigos a almoçar, com os pais deles também e a perguntar-me mil vezes se eu podia comer a salada! E eu a arrancar-lhe a tijela da mão, numa de tenho de a comer para não dar bandeira - porque como sempre - além de saber que era lavada em casa, para outras grávidas à mesa, pelo que não haveria de haver problema. Mas ele a insistir! Ao ponto de um dos nossos amigos quase lhe chamar malcriado, por estar a duvidar que a dona da casa não a tivesse lavado convenientemente (às tantas ele disfarçou com a sua preocupação pelas outras grávidas...)

De Maria a 15.03.2013 às 10:57

É realmente um assunto delicado :)
Tambem tenho cada história...e tanto do primeiro como do segundo o nível de excitação dos que nos rodeiam é sempre igual!
Gostei da pergunta da sogra... Ahahahahaha

De Sílvia a 15.03.2013 às 11:23

Não gosto de falar neste assunto (por motivos pessoais, óbvio) e ponderei bastante antes de comentar, no entanto, como acho importante informar e quebrar o tabu, cá vai...

"Mas, a verdade, é que as coisas podem correr mal a qualquer altura, e acredito que aí também saiba bem ter algumas palavrinhas de apoio e compreensão."

Devo dizer que a grande maioria das pessoas (senão todas, talvez excepto as que passaram por um aborto), não sabe lidar com a situação e não saberá dar "palavrinhas de apoio e compreensão". Talvez, porque não hajam palavras de apoio que ajudem nessa altura, por um lado, e por outro, porque as pessoas não sabem bem lidar com o luto e a dor dos outros, muito menos na perda de um filho, que a maioria, por ser um filho que ainda não se viu, desvaloriza.

A maioria das pessoas o que faz é desvalorizar, penso que não por mal, mas porque não saberão como lidar com isso e ajudar os enlutados.
Daí a Artémis ter feito esta petição: Dia Nacional para a Sensibilização da Perda Gestacional - http://www.petitiononline.com/Dia/petition.html

De Rita a 15.03.2013 às 13:20

Também optei por contar depois dos 3 meses. Até lá apenas a minha mãe e mais 2 ou 3 amigas sabiam. O anuncio "oficial" , das 2 vezes, foi no Natal. Emoldurei a foto da ecografia e ofereci ao meu pai. De inicio quem viu pensou q era daquelas fotos q já vêm com as molduras... Teve de ser a minha mãe a dizer que era uma eco...

Da minha 1ª filha fiz o anuncio aos amigos por mail . Ela foi "produzida" em São Francisco e achei divertido brincar com o que tínhamos "trazido" da viagem à Califórnia! Da "º filha contei via FB , mas só alguns perceberam porque apenas disse que o nº2 estava a caminho!

E com isto acho q vou fazer o nº3 porque já estou com saudades dos meus bebés pequeninos! ;)

bjs.

De Mom to Be a 15.03.2013 às 14:15

Como te compreendo.
Estou grávida de 7 semanas e 1 dia... e sei desde as 4 semanas. Estas três semanas foram uma tortuuuraaaa!!! Fiz ecografia às 6s+4d, estava tudo bem, embrião bem implantado, coração a bater e do tamanho de um grão de arroz, 7mm. (Como é possível uma coisa tão pequenina ter coração a bater???)
Ninguém sabe, à excepção da minha mãe de quem não conseguia esconder. Ela foi a primeira a dizer para não contar a mais ninguém.
E as 12 semanas que nunca mais chegam?? É uma ansiedade e preocupação sem limite!!! Acredito que vá correr tudo bem, mas tenho muito medo que corra mal. Por vezes parece tudo demasiado bom para ser verdade, pois engravidei à primeira.... e não tenho sintomas nenhuns a não ser sono, preguiça e mamas maiores. A minha mãe diz que está ser uma gravidez santa, para aproveitar... eu só queria sinais de que está a correr tudo bem, enfim.

Que tudo corra bem comigo e contigo. O meu bebé chega 1 mês e meio depois do teu :) Vai ser engraçado acompanhar-vos nesta aventura. Já te leio há 7 anos!!! SETE!!! E fui das que chorou quando anunciaste a gravidez... :)

Beijinhos

De Ana a 15.03.2013 às 16:30

Ideias engraçadas. Este blog é tão bom como os vossos. Parabéns Posso só acrescentar que o vosso template (penso que é assim que se escreve), esta um pouco estranho, porque a coluna dos textos esta tão pequena que fica um texto enorme e cansa os olhos) e já não têm nada do lado direito, como tinham antes. :) Felicidades

De Maria a 15.03.2013 às 16:55

Nunca me vou esquecer. Nunca na vida!!!

De Ines Oliveira a 15.03.2013 às 16:58

Pipoca desejo-te muitas felicidades e muita saúde!!!
Tal como tu, eu também estou grávida! 13 semanas! Vou acompanhar-te sempre neste novo blog, pois há muita coisa que me identifico contigo!
Nós optamos por esperar pelos 3 meses e contar a família e amigos, mas foi mais fácil, pois estamos longe de Portugal, vivemos da Escócia. Aproveitamos a viagem que a minha sogra fez até cá (visita) e compramos uma moldura (tipo quadro), para por várias fotografias dos membros da família, no meio dizia "Family", e uma das fotografias estava a ecografia do bebé :) Quando a minha sogra viu até chorou, e fez a mesma pergunta "Isto é a serio?", Dhaaa! :)
Beijinhos!

http://papasnaescocia.blogspot.co.uk/

Comentar post


Pág. 1/2






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D