Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AVENTuras da Mamã #5

por A Pipoca Mais Doce, em 16.07.13



As primeiras fraldas

 

Pensar em fraldas implica, necessariamente, pensar em cocós e xixis. Não é a coisa assim mais interessante e fofinha do mundo, mas é impossível dissociar bebés dessas duas palavras. É inevitável: o cocó e o xixi vão passar a fazer (ainda mais) parte da nossa vida, variadíssimas vezes por dia. Quase tão natural como a sua sede. E pronto, posto isto, uma pessoa tem de se adaptar, esquecer que é uma nojinhas de primeira (tipo...eu) e preparar-se para o que aí vem. E a preparação passa por começar a abastecer a casa de fraldas, mais ou menos como se a III Guerra Mundial estivesse quase aí a rebentar e fosse preciso açambarcar este mundo e o outro.


Aquando do baby shower, segui a ideia sugerida aqui por uma leitora e pedi aos convivas que nos trouxessem fraldas. E eles, pessoas bem mandadas, trouxeram. Distribuí a coisa de forma a que não aparecesse cá tudo com fraldas só para o primeiro mês, e acho que até correu bem. No quarto do Mateus já dormem uns 15 pacotinhos de fraldas para várias etapas. Parece muito, mas não é nada, bem sei. Se fizermos a média a 10 fraldas por dia (haverá bebés mais “descontrolados” do que outros), por mês serão umas 300. E por ano? Mais de 3500!! Não é espectacular, pensar que num só ano vamos repetir o mesmo processo mais de 3500 vezes? Isto é mesmo melhor pensarmos só ao dia (ou à hora), porque pensar ao ano desmotiva até o mais paciente dos seres.


Mas bom, dizia eu que já temos cá uns quantos pacotes, mas precisaremos de muitos, muitos mais. E por isso ando sempre a ver se descubro onde estão mais baratos. De repente, tornei-me numa daquelas pessoas que estão atentas às promoções dos supermercados para tentar desencantar uma espectacular que me permita comprar fraldas com desconto para ficar abastecida até 2030. Já apanhei uma, mas cheguei tarde e só encontrei tamanhos grandes. Nota-se que sou novata nisto. Já percebi que tenho de estar à porta do supermercado logo pela fresquinha, tipo 7 da matina, e depois, assim que abrir, correr por ali a fora como se não houvesse um amanhã, empurrando crianças e velhinhos e agarrando todos os pacotes de fraldas que conseguir. Alertaram-me para o facto de não valer a pena fazer um grande investimento em fraldas, sob pena de o miúdo poder vir a ser alérgico a alguma marca em específico, mas pronto, algumas tenho de ter. E eu espero que a criança tenha um rabo santo e que não dê chatices, que se adapte a todas as fraldas e mais algumas, de todas as marcas, tamanhos e feitios.


Por uma questão ambiental, ainda pensei no uso de fraldas  ecológicas mas, sinceramente (e não me batam por isto), acho que todo o processo dá muito mais trabalho. E eu acredito que, sobretudo ao princípio, queremos é facilitar a nossa vida ao máximo. Para já, é preciso fazer um investimento inicial substancial. Acredito que, com o tempo, acabe por compensar, mas não vi fraldas ecológicas mais baratas do que 15 euros. Sim, cada uma. Depois, é preciso ter um número significativo para poder haver rotatividade, para poder pôr as sujas lavar e ter outras disponíveis para usar. E depois... pois, depois é ter de estar sempre nesse processo diário de lavar fraldas. Bem sei que em tempos idos era assim. Quando eu nasci não havia fraldas descartáveis e a boa e velhinha fralda de algodão é que me valia, mas pronto, as coisas evoluem. Falaram-me também de fraldas descartáveis biodegradáveis, que me pareceram uma opção interessante mas, e corrijam-me se estiver errada, penso que não se vendem em Portugal. Enfim, resta-me continuar no meu processo de armazenamento de fraldas. Se souberem de boas promoções avisem, hã? Não guardem tudo para vocês!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:19


32 comentários

De anónimo a 16.07.2013 às 15:30

agora imagina tri-gemeos, como aconteceu com o meu irmão... é isso tudo x3 :)

De Anónimo a 16.07.2013 às 15:34

no pingo doce estão muitas vezes em promoção os artigos de bebé (fraldas, cremes, toalhetes...etc). Todas as semanas costuma haver pelo menos um tipo de produto em promoção.

De Joana a 16.07.2013 às 21:17

Pois é, podes fazer como eu que agora à terça-feira vou religiosamente à página do Pingo Doce ver o folheto das promoções. Como costumam ter sempre algum produto de cada categoria (por exemplo, queijos, champôs, coisas para animais, artigos para bebés) em promoção, pelo que se pode trazer sempre algo de que se esteja a precisar :-)

De Tita a 17.07.2013 às 10:45

Melhor ainda é estar inscrita na newsletter do Pingo Doce e à 2ª feira à tarde já ter as promoções na caixa do correio!

De Ana a 16.07.2013 às 15:35

Existem fraldas descartáveis mais ecológicas num supermercado biológico em Lisboa: http://www.biomiosotis.com/

De Isa a 16.07.2013 às 16:12

Essa ideia das fraldas é de facto muito boa! Eu também tive pessoas que ofereceram fraldas no começo e deu imenso jeito para começar! Infelizmente, pelo menos pela experiência que tive, o tamanho mais pequeno (pelo menos da comum e badalada Dodot) nunca está em promoções...é o tamanho "special one" como o apelidei. O meu pequenote fez-me o favor de ser alérgico a outras marcas e pelo menos até ao primeiro ano não vou arricar mais para além da Dodot. Normalmente fico atenta aos folhetos, vales de desconto (a própria Dodot tem alguns e enviam amostras dos produtos conforme a nova etapa do bebé e tudo mais, é simpático) e feiras do bebé...essas malucas que com pena minha só acontecem uma ou duas vezes por ano. Também aprendi a não fazer stock grande do mesmo tamanho (fica a dica) porque os putos de um dia para o outro (eheh!) dão um salto estranho e vai-se a ver já não cabem nas fraldas de ontem!! (Parece mesmo assim, de um dia para o outro!)

Está quase, quase!! Que seja um daqueles quartos de hora bem passados e tranquilos com toda a "droga" a que uma grávida tem direito para ser tudo ainda mais maravilhoso :)

De Supimpona a 16.07.2013 às 16:40

A minha pequena experiência a comprar fraldas (1 ano) - quase quase sempre em promoção - diz-me que é de ficar atenta ao Continente (que de vez em quando "passa-se" e coloca pacotes de fraldas Dodot a 9€) e ao Jumbo . Foca-te nesses dois :) Sempre podes ir aos respetivos sites e ficar atenta.
Também podes experimentar marcas brancas ou mais baratas e se resultar com o pequeno Mateus, melhor ainda. Com o Baby Boy não resultaram :(
Mas aqui um conselho de mamã, aproveita também as promoções das toalhitas. Acredita que vais gastar muito mais toalhitas que fraldas (os cócós requerem grandes limpezas!!!). Eu experimentei várias e fiquei-me pelas Dodot Sensitive (no Jumbo , uma caixa com 9 pacotes por 9,95€ - espetacular !). São leves, macias e sem cheiros (se quiseres com um cheirinhos tens as Dodot Activity ). As Johnson também não são más, mas as Huggies ...nem pensar. Eu não gostei, são ásperas e mais grossas!
Boa sorte na caça às oportunidades. Pensa que no final, o valor que poupas de certeza que vai compensar!
Beijinhos,
Joana

De Alexandra a 16.07.2013 às 16:47

Para os 1ºs tempos gostei muito da libero. As da Dodot recem nascido tinham uma rede que ficava marcada no rabiote do Puto. Não são assim tão mais caras, já tem o corte do umbigo, sem cremes e "coisas" que as vezes nem sei o que são. Vendiam-se nas Farmácias.

De Anónimo a 16.07.2013 às 17:21

http://www.pingodoce.pt/media/flipBook/BebeVerao/index.html#p=8

tem aqui o catálogo de promoções de bebe que está em vigor até ao dia 18 (depois de amanha) no pingo doce. promoções de fraldas não faltam lá! :)

De M de femme a 16.07.2013 às 17:42

O continente faz assim umas promoções relâmpago. Em menos de um mês apanhei 50% em cartão anunciado na Tv (também por ser novata na coisa, fui no dia seguinte e só depois percebi que a promoção era apenas daquele dia), e este fds também houve uma promoção com 50% directo. O jumbo é que costuma ter sempre as fraldas mais baratas.

De Mariana a 16.07.2013 às 17:48

Fraldas reutilizáveis para mim esteve fora de questão... Além da trabalheira de ter de lavar fraldas cagadas, acho que os bebés parecem chouriços com aquilo. Já tive oportunidade de pegar num bebé com uma fralda dessas e pareceu-me tudo menos confortável para a criança que mal podia fechar as pernas toda enchouriçada!
Cheguei a mudar 14 fraldas por dia no 1º mês, não me consigo imaginar a deitar o cocó para a sanita (os primeiros cocós são moles, não sei como fazem isso) e depois deitar as fraldas todas castanhas para um cesto para depois lavar. Credo! Nada como mandar a fralda para o lixo e pronto, o ambiente perdoa-me, até porque o compenso de outras maneiras .

De Juless a 16.07.2013 às 19:26

A questão das fraldas de pano ser mais ou menos amiga do ambiente é discutivel, porque se formos a pensar no consumo de água, energia e detergentes nas lavagens... Não é assim tão diferente!

No meu caso usei pouco o tamanho 1, quando o bebé tinha 3,5kg, mudei para o tamanho 2 (3-6k) e agora ele está com 4,5k e já comprei o tamanho 3 (4-10K), porque estas já parecem pequenas.

Se vos sobrarem fraldas, porque deixaram de servir, alguns centros de saude agradecem se as entregarmos, para pessoas com necessidade.
Fraldas não, mas estou a separar algumas roupinhas que já não servem para entregar a instituições.
Agora que sou mãe parte-me o coração imaginar qualquer criança do mundo a passar necessidade. Não devia ser possivel :(

Eu uso fraldas de pano enquanto estou a amamentar, porque ele é um mamão e sai mama por todo o lado, e estou a dar de mamar dum lado e está a sair leite da outra mama, por isso, sobretudo à noite dá-me jeito as fraldinhas de pano pra absorver tudo isso.
Também costumo colocar sempre no muda fraldas, uma fralda de pano para deitar o bebé. Acontece que são frequentemente batizadas com xixis e cocos. Tenho umas 10 fraldas de pano e andam sempre em rotação! Não pensei que fosse usar tanto.
Já agora pergunto às outras mamas, se colocam no muda fraldas para deitar o bebé?

De Anónimo a 17.07.2013 às 11:01

No muda fraldas utilizava (tal como nas saídas) os resguardos do Pingo Doce ou Continente. São resguardos de algodão por cima com plástico em baixo. Costumam estar junto às fraldas.

De Ana a 17.07.2013 às 13:25

No muda fraldas uso sempre resguardos descartáveis e até para o mudar em cima da nossa cama ou no chão dão muito jeito (o Daniel vai fazer 10 meses e já há algum tempo que não o conseguimos manter sossegadinho na hora de mudar a fralda).
Costumo comprar no Continente e são uma bênção :)

Comentar post


Pág. 1/3






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D