Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Diferenças entre as neuróticas da mama e as pessoas normais que não quiseram/puderam amamentar

por A Pipoca Mais Doce, em 11.02.14

As neuróticas da mama deixam comentários deste género:

 

De Carla a 10.02.2014 às 23:14

Ai não quiseste amamentar? Agora aguenta-te, vão ser doenças umas atrás das outras.
Que era mais ou menos o mesmo do que eu, pessoa normal que não amamentou, dizer às minhas amigas que amamentaram e que têm os putos igualmente doentes, e com coisas bem mais chatas do que o Mateus:
"Ai, deste de mamar? É por isso que ele agora está cheio de rinites, e bronquiolites, e otites e outras coisas que tais acabadas em ites. Agora aguenta-te, vão ser doenças umas atrás das outras".
Era estúpido, não era? Pois, pessoas que deixam comentários destes também o são. Mas sempre nos divertem. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:37


125 comentários

De Rita a 11.02.2014 às 00:45

O mesmo se diga quanto a creches e afins. Os meus 3 foram para a creche com 1 ano e não tiveram ites nenhumas.

De Inês C. a 11.02.2014 às 00:45

What? Oh valha-me nosso sinhori....

De Anónimo a 11.02.2014 às 05:52

Eu amamentei a minha e têm sido viroses e bronquiolites umas atrás das outras! Ele há pessoas parvas...

De Ana Maria a 11.02.2014 às 11:15

Idem.
E irritam-me estes comentários, porque enquanto defensora do aleitamento materno acabo por ser enfiada no mesmo saco que estas tontas. Enfim...
A minha filha foi amamentada a leite materno em exclusivo até aos seis meses. Sim, seis. E depois continuou a mamar até aos dez meses. Sim, dez.
E esteve em casa dos avós até aos dois anos. Sim, dois.
E está SEMPRE, sempre constipada. E tem amigdalites. E fica doente, como qualquer criança. É natural que tenha as defesas mais fortes (nada de otites ou coisa mais grave) mas ainda assim está constipada de outubro a junho.

Dasse, haja paciência.

(só gostava que comentários como o que deu origem ao post não fossem replicados... acaba, por causa de umas quantas tontas, por pagarem todas pela mesma linha... enfim)

De Catarina a 11.02.2014 às 08:48

É isso Carla! A mama é uma espécie de vacina para a gripe mas em melhor. Previne tudo excepto a estupidez e intolerância! Tenho uma bébé de 2 meses que ê amamentada em exclusivo desde que nasceu por eu posso e quis, mas respeito quem tem outra opção. Não me parece que isso vá fazer com que não adoeça, simplesmente há putos mais atreitos a adoecer do que outros e doenças mais contagiosas que outras.

De Valéria Martins a 11.02.2014 às 09:05

LOL !! Há pessoas mesmo estupidas e ignorantes... Oh gente sem vida!

De Inês a 11.02.2014 às 09:39

E depois ainda existem as outras, que amamentaram mas estão-se pouco lixando para quem amamenta ou não.

De Carla Delgado a 01.04.2014 às 14:45

Eu também sou deste grupo!
Cada um sabe o que é melhor para si e ponto final.

De DeepestSoul a 11.02.2014 às 10:08

Ui... é possível existirem mulheres assim tão estupidas?!

A minha cunhada amamentou as filhas até aos 12 meses, eu só amamentei 1 mês e a minha filha é de longe bem mais saudável que as primas! Sempre foi! Desde que nasceu!
E esta hein?!

ahahahahahahahah

De Maria Echegoyen a 11.02.2014 às 10:27

Desculpem lá mas há um certo ponto de razão nessas alegações (mas que é certo, foram proferidas de forma bastante infeliz).

Quando se diz que dar de mamar protege o bebé da "bicharada", assim o é, especialmente quando AINDA mama (pois é a forma de ter constantemente um cocktail imunológico proveniente da mãe, em particular quando a mãe foi exposta à mesma bicharada que o bebé, pois então desenvolve a imunidade "pedida").

Dar de mamar durante uns mesitos pode contar, mas conta pouco para esse efeito.

Eu dou de mamar há ano e meio (3 vezes por dia, e tenciono ir aos 2 anos), e a minha bebé nunca ficou doente. Na loucura, uma vez teve durante uma tarde, uma rinorreia . Conheço outros 6 casos assim (de bebés que também mamaram a longo prazo -o que hoje em dia é raríssimo). Da minha pequena amostra (que vale o que vale...em termos científicos , nada) de 7 bebés, 100% não ficou doente durante a fase de amamamentação.

Não defendo que quem dá de mamar tem um bebé mais evoluído que os outros. Além do mais porque essas mães que proferem essas palavras bélicas, palpita-me que são daquelas que deram de mamar durante uns mesitos, e o caso ficou arrumado (mas pelo menos podem escarrapachar na cara das outras o feito...enfim).

Mas também não defendo o extremo oposto: um bebé alimentado a leite materno a longo prazo, tem a mesma imunidade que um que nunca mamou. É óbvio que é falso. Isso seria ser condescendente

Alego que é falso porque a biologia, a imunologia, (entre outras áreas da medicina bem-estar ), conseguem comprar a diferença. Tenho 2 licenciaturas na área da saúde, baseio-me nos estudos científicos , e não em brochuras de publicidade.


De familiavieiraribeiro a 11.02.2014 às 13:02

Isso é muito relativo.. a minha Joana mamou até aos 22 meses.. e até lá teve direito a tudo o que terminasse em Ite!
Sim.. mamar para mim e a melhor vacina que lhes podemos dar.. mas sinceramente não foi por isso que a Joana deixou de apanhar o que apanhou e até estava em casa com os avós!

De Maria Echegoyen a 11.02.2014 às 13:07

em vez de «comprar» no último parágrafo, deve ler-se «comprovar»

De Anónimo a 11.02.2014 às 14:33

É muito bonito uma criança de 2 anos a ser amamentada, não haja dúvida. Então aquele tipo de pessoas que tira a mama em qualquer lugar é ainda mais bonitooooo! Eu fui amamentada 15 dias, a minha mãe não estava para isso, e aqui estou SAUDÁVEL!

De raquel a 12.02.2014 às 01:02

Acho um máximo alguém dizer que está SAUDÁVEL com letras gordas! Como se a saúde fosse algo garantido para sempre e jamais pudesse adoecer amanhã! A não ser que seja uma senhora dura de 85 anos que está a falar , já com poucas probabilidades de adoecer...será? Os meus parabéns por toda essa SAÚDE que o leitinho em pó lhe deu!!!!!! :)

De Maria Echegoyen a 12.02.2014 às 12:52

Mas desde quando é que fazer o que achamos mais acertado para o crescimento dos nossos filhos "tem que ser bonito"???

não comento o resto porque esses são hábitos que não são praticados onde vivo (refiro-me á mama de fora, e à pouca pachorra da sua mãe, palavras suas).

De Ana Rita a 12.02.2014 às 16:35

shame on me... estrela pornográfica que põe a mama de fora sempre que a cria tem fome... e já vamos em 3 anos...

De Ana a 13.02.2014 às 00:11

Que falta de formação ...

De familiavieiraribeiro a 13.02.2014 às 09:58

realmente tem razão.. dar de mamar ao um bebé quando ele quer porque tem fome na rua ou em qualquer outro sitio sem ser em casa.. é tramado. É isso e ir comer ao mc'donalds... ou no restaurante mais chique que houver. Onde já se viu.. tanta gente a olhar para o que você está a comer..
mentalidade pequenina...

De Filipa a 12.02.2014 às 00:48

É claro que a Pipoca sabe que isso é verdade, até porque isso vem escrito nas latas de leite:
"O leite materno é a alimentação ideal para o seu bebé proporcionando-lhe todos os benefícios da amamentação, tais como imunidade e protecção.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que os bebés deverão ser exclusivamente amamentados até aos 6 meses de vida.

Apoiamos integralmente as recomendações da OMS."


Não amamentar é uma opção e quem opta por não amamentar também tem de aceitar as verdades, e a verdade é essa mesmo, independentemente da forma como foi dita. Acho ridiculo tentarem fazer de conta que ignoram isso, que não é verdade, que é treta, que é a mesma coisa. Fizeram uma escolha, assumam-na!
E acho piada também aos comentários, de repente os que não mamaram são todos saudáveis e os filhos das primas, das amigas, das tias, mamaram e são todos doentes. Really? Contem-me outra! Entre neuróticas da mama e neuróticas do "o meu filho é melhor que os outros" venha o diabo e escolha. Também acho graça pessoal com bebés de meses dizerem que nunca ficaram doentes, eu nem tinha "coragem" de gritar isso tão "alto". O meu filho ficou doente a primeira vez de muitas com 3 anos. Não deitem foguetes...

De ... a 12.02.2014 às 11:21

Maria Echegoyen, olhe lá esta sua frase:

"são daquelas que deram de mamar durante uns mesitos, e o caso ficou arrumado"...acho que arruína todo o seu texto. Daqui, fala-lhe uma mãe que amamentou "uns mesitos" (e uns "mesitos" é muito bom..afinal, se dermos 6 meses exclusivo, são 6 "mesitos"), e que de repente parece que, aos seus olhos, é menos mãe por isso.

Um dia...daqui a muitos anos, pense no crescimento dos seus filhos. Olhe para trás, para os milhares de episódios...pese a importância deles. Vai ver que um mero "agora não tenho tempo" para uma brincadeira de um filho pesa muito mais do que meses e meses a enfiar mamas na sua boca. Nojo...nojo é o que este circo montado à volta da amamentação já me mete. Natural?? Longe já vai a naturalidade, perdida para estas obsessões... E estou a pegar por si e pelo seu comentário porque mesmo pessoas que como a Maria querem dar uma de "eu respeito tudo", depois escrevem coisas como "uns mesitos e assunto arrumado" que denotam que mesmo nessas pessoas que gostam de dizer o politicamente correto, o preconceito está lá..entranhado até à medula!!

Se calhar sou só eu..mas com dois bebes cujo mais velho tem apenas 26 meses, a amamentação, que fiz como faço as mudas de fraldas e os banhos, ...acha que é disso que me lembro em primeiro quando recordo estes ultimos meses, ou que acho que é realmente importante para eles??

E foge, metam nas vossas cabeças de uma vez por todas que a genética pesa muito mais do que a amamentação. Mas muito mais. Eu tenho uma saúde de merda no que toda à imunidade...nos 12 meses de um ano é certinho que pelo menos durante 8-9 estou sempre doente, sempre. Nada a fazer segundo os medicos. Mamei até aos 4 anos. E podia ainda hoje mamar...porque a minha genetica pesa muito mais e de nada valeria. Assim como uma criança com uma genetica que a faça raramente estar doente, ainda que não chegue a mamar, vai ter igualmente saúde para dar e vender. Que obsessão pá!!

De Maria Echegoyen a 12.02.2014 às 18:59

Bem, que forma tão rebuscada de dar volta ao texto!!

O seu texto, caríssima senhora, é o que chama redireccionar a sua raiva para um ponto de fuga que não se relaciona directamente com o que expressa sobre o meu texto (ou pelo, menos, que era minha intenção).

Pegou nas minhas palavras e fez uma interpretação agressiva onde eu não coloquei nada agressivo. Não foi sarcasmo.

Não me vou alongar. O meu intento era falar dessas mães bélicas que escrevem comentários bastante infelizes à autora do blog.

Acho que ninguém considera uns mesitos = 6 meses.



De Lídia Carvalho a 09.03.2014 às 00:01

Isto é tudo relativo, muito embora acredite que a amamentação possa ter alguma influência no sistema imunitário da criança. Posso apenas basear-me na minha própria experiência... amamentei em exclusivo até aos 6 meses e acabou aos 18 meses e a verdade é que até aí nunca adoeceu.

Foi para a creche aos 6 meses e nunca esteve doente. Dos 18 meses em diante já teve tudo: bronquiolites, otites, amigdalites e até um princípio de pneumonia.

Sou a favor da amamentação, mas saí a dizer que as crianças são mais saudáveis se mamarem... huuuummmm... é uma teoria como tantas outras...

De Isalia a 11.02.2014 às 10:35

O meu Rodrigo tem agora 1 ano. Foi para a creche aos 4 meses e dei de mamar até aos 7 meses. Desde que foi para a creche tem estado sempre entupido. Nada de mais por vezes, mas agora no inverno tem estado pior. Não teve ainda nada relacionado com as doenças "ites". Isto está neles, nada tem a ver com o dar de mamar ou não, pôr na creche ou não. Quando tem de ser, tem de ser...

De Anónimo a 11.02.2014 às 10:37

Curioso! Não tenho ainda filhos mas, fui um bebé prematuro, há mais de 30 anos, não mamei. Nunca tive nadica de nada! Já o meu irmão que nasceu do tempo normal, mamou e tudo a que tem direito, teve montes de maleitas. Até hoje, felizmente, raramente me constipo. Vá-se lá perceber, devo ser um fenómeno!
Isa

De Ritinha a 11.02.2014 às 20:38

sempre achei essas malucas da mama doentes! Como ficam com as mamas pingadas, flácidas devem querer que as outras fiquem como elas! Nunca dei de mamar ,e tenho 2 filhos que nunca tiveram nada de especial.
Se ficam mais protegidos? não sei...se é melhor também não sei! A ciência está sempre a mudar e a evoluir , o leite de hoje não é mais o leite do passado, e a verdade de hoje pode mudar amanha num segundo! E para mim pior que as criticas de nao dar leite materno...são as que fumam e bebem e depois estão com as crianças ...quer as da mama quer as do biberon !

De Sara a 12.02.2014 às 14:26

Não tenho as mamas nem pingadas nem flácidas e dei de mamar até aos 2 ANOS e um mês. Nunca as tive grandes e bonitas, por isso e porque tenho a noção (científica) dos benefícios da amamentação, não quis saber dessa questão estética, até porque não faço top-less nem eu nem o meu marido queremos saber disso!
Dei de mamar durante tanto tempo, porque tanto eu como a minha filha gostámos da experiência (e até aos 4 meses ela engordou e bem SÓ com o leite materno) e não como "remédio" para a imunidade... Acredito que tenha ajudado porque a minha filha, mesmo estando na creche desde o 1 ano e 9 meses pouco adoeceu, mas isso, repito, não foi nunca o motivo principal.
Se fosse psicótica pela amamentação teria feito amamentação exclusiva até aos 6 meses, mas por recomendação do pediatra não o fiz para introduzir as papas e diversificar a alimentação.
Também por recomendação do pediatra e da minha médica resolvemos suspender aos 2 anos, porque algum dia tinha que chegar ao fim e nesta altura já não era senão um mimo...

De Anónimo a 13.02.2014 às 23:43

Acho nojento dar de mamar até aos dois anos e ainda por cima ser por mimo... Socorro

De Anónimo a 14.02.2014 às 09:45

Dizer que é nojento é um bocadinho demais....
Mas também não gosto de ver. Bebés a mamar sim, mas depois dos 8/10 meses, um ano que seja não gosto de ver. Mas como tudo, são opções.
Nem em bebés gosto de ver quando as mães não se resguardam. Podem dizer-me que é um acto natural e bonito e eu concordo, mas não é po isso que deixo e me sentir incomodado quando estou em alguma sitio e vejo uma senhora a sacar da mama.
Noutras circunstancias uma mulher não anda com as mamas de fora, porque é que só porque tem um filho, já é "aceite" que ande a mostrar?
Sinto-me incomodado quando amigas minhas, ou mulheres de colegas meus o fazem.
A minha mulher nunca o fez e deu de mamar até cerca dos seis meses. Ia para um sitio mais reservado e/ou tapava-se. Ela não se sentia bem e eu também não.

De Anónimo a 13.02.2014 às 11:24

Mostra-me as tuas mamas e dir-te-ei se deste de mamar! Uau, sabedoria popular no seu melhor!

De Nanda a 01.03.2014 às 14:53

Primeiro as suas maminhas, depois os seus filhos! ... Experimente dar leite artificial a um bebé que está habituado a leite materno. Não, não é a mesma coisa. Temos perna. Olha, tenho aqui duas maminhas jeitosas a olhar para mim, depois de 13 meses a amamentar.

Comentar post


Pág. 1/9






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D