Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As maravilhas do sling

por A Pipoca Mais Doce, em 16.09.13

Sempre que me falavam de slings eu achava aquilo muito Festa do Avante, uma coisa assim meio alternativa, para gente hippie, vegetariana e adepta das medicinas alternativas. Claro que engoli cada palavrinha. Numa das idas ao Espaço Cegonha para me queixar das noites tenebrosas do Mateus, a Constança perguntou "então e já experimentaste um sling?". Disse-lhe que não e lá lhe expliquei o que é que pensava sobre o assunto. Foi aí que ela me deu um a experimentar, só para ver que tal me dava e... ouvi sinos. Vi anjos! Enfiei o Mateus lá dentro e ele pareceu logo adorar, mas precisava de experimentar numa hora crítica, quando ele estivesse aos berros e sem nada que o acalmasse. Moral da história: não saio de casa sem sling. Quando ele começa a chorar e nada o cala, lá sai o sling da mala e lá vai o Mateus lá para dentro. A fórmula sling+chucha+palmadinhas no rabo+ligeiro embalo é absolutamente milagrosa. Então à noite, ui!. Este fim-de-semana, no Porto, estávamos a almoçar e o menino Mateus lembrou-se de começar a berrar, mas a berrar mesmo. Aquele berrar que me faz olhar de lado para as criancinhas nos restaurantes. E estava já a levantar-me para me ir embora com ele (tenham santa paciência, ninguém merece estar a levar com o berreiro das crianças dos outros, sou a primeira a solidarizar-me), quando me lembrei que tinha o sling comigo. Et voilá, Mateus no sling, silêncio e mãezinha com as mãos livres para acabar de almoçar. Yeaaaah! O meu sling é da Baci Baby, uma marca portuguesa. Tem padrões muito giros, os preços vão dos 44 aos 57 euros, e pode ser utilizado até a criança ter 13 quilos. O meu é azul clarinho de um lado e às risquinhas do outro, mas acho que vou investir também num todo preto. Ah, e vou arranjar outro para o homem, porque ele diz que não tem qualquer problema em usar. Óptimo!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46


46 comentários

De Ana a 16.09.2013 às 22:46

Eu tenho o sling de argolas e é um dos meus melhores amigos.
As fotos estão muito amorosas e o meu marido também anda de sling embora o modelo seja igual ao do Mateus

De Anónimo a 17.09.2013 às 15:38

Também estou mais interessada nos slings de argolas, porque só assim me parece possível adaptá-lo ao crescimento do bebé e até às diferenças entre pai e mãe. Será mesmo assim? Onde comprou o seu?

De Anónimo a 17.09.2013 às 10:07

Credo, tão caro por um pedaço de tecido! Aqui está um bom negócio para quem tiver jeito para a costura ;)

De Isabel a 17.09.2013 às 10:36

Devo ser a única mãe cujos filhos não gostam de sling... Não consegui usar com a mais velha e agora o baby de 2 meses também não quer lá estar! Será que há truques para impingir a coisa?
E eu que tenho um com um padrão tão giro...

De Inês Noivo a 21.09.2013 às 13:24

Peça ajuda a alguém... A mais velha andou de sling desde que nasceu, mas a mais nova demorou mais tempo até se adaptar. A quem comprou, pode ajudá-la.

De sofia a 17.09.2013 às 10:54

Que preconceito contra os vegetarianos, ai ai! :)

De Maria a 17.09.2013 às 11:18

Isso dos 13kg é muito giro.. mas nessa fase já não há costas que aguentem :)

De catarina a 17.09.2013 às 11:26

Visitei o site e aparecem vários tipos de sling, qual o que comprou?

De Anónimo a 17.09.2013 às 12:19

Olá Ana! Eu também sou adepta do sling e tenho dois! Um deles comprei nas pulguinhas (40€), o outro que usei muito na praia, mandei fazer. Vi o tecido com o padrão que gostava e pedi à minha tia para fazer um também com duas afces de tecido muito giro e ficou-me apenas em 10€! É muito prático e foi ótimo para levar a M. para a praia, mas acho que os vendem a um preço absurdo, eu percebo que o pessoal queira ganhar dineiro, mas é demais! Vejam aqui: http://blogdababym.blogspot.pt/

De Patrícia a 17.09.2013 às 13:10

Olá, acho que faltam aí uns euros nessas comparações de preços (nota, não faço nem vendo slings): o trabalho de costura (neste caso da tia), o custo da embalagem, o eventual custo de ter um site a divulgar, as margens de eventuais distribuidores/revendedores e, já agora, um pequeno lucro. Contas feitas, e apesar de 40 a 60 euros ser dinheiro, não me parece que seja demais para quem tem a iniciativa (e já agora o risco) do negócio. Patrícia

De sbarreiros a 18.09.2013 às 08:33

Concordo que não seja propriamente barato mas o que comprei para oferecer tem um tecido excelente e foi também totalmente personalizado.
Acho muito bem que as pessoas ganhem dinheiro e tenham iniciativas! Se todos nos pusermos a fazer as coisas não há economia que aguente.

De sofia raposo a 17.09.2013 às 13:58

Vejam estes. São muito bons!!! De todas as cores!!!

https://www.facebook.com/pages/PSICOLOR-slings-panos%C3%A9charpes-podeagis-porte-b%C3%A9b%C3%A9s/342599308207

De Alexandra a 17.09.2013 às 18:43

Ui... também usei e era realmente maravilhoso. Especialmente a parte de ir às compras e almoçar fora, com as mãos livres e desimpedidas! E não foi por isso que a miuda, hoje com 3 anos, ficou colo-dependente-patológica! Adorei e bem-posto não faz doer as costas. Que venha o próximo/a e o slig lá estará à espera!

De sbarreiros a 18.09.2013 às 08:30

Comprei um para a minha amiga M da marca Maria Café e ela adorou!
É vermelho por fora e por dentro é azul claro com pintas brancas.

Comentar post







Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D