Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Saldos!

por A Pipoca Mais Doce, em 12.01.14

Assim de vez em quando faço uma limpeza às gavetas e ao roupeiro do Mateus, para ver o que já não lhe serve. Bom, na verdade essa limpeza é feita quando começo a pegar numa peça de roupa, e depois noutra, e ainda mais uma, e já nada lhe serve. É nessa altura que as ponho de lado e que constato, com tristeza, que ele está a crescer demasiado depressa e que, afinal, não tem tanta roupa quanto isso. Como é normal, quando uma pessoa está grávida compra muita coisa para os primeiros meses, mas depois o miúdos crescem e continuam a precisar de roupa. A roupa de 3-6 meses do Mateus está no limite, por isso é preciso começar a pensar na nova fase, a dos 6-9. Arrumei as gavetas todas e fiquei com meia dúzia de coisas. Tendo em conta que há dias em que tenho de o mudar três vezes, dá para perceber que não tem assim muita coisa. Menos mal que estamos em saldos, a melhor altura para comprar roupa para os putos. Há um ano estava grávida e aproveitei para comprar muita da roupa que o Mateus está a usar agora. Tudo com promoções muito jeitosas, porque dar fortunas por peças que são usadas dois ou três meses é coisa que não me assiste. Este fim-de-semana arrastei o homem para a Chicco, naquela que intitulei de "missão babygrow". As jardineiras, as camisolinhas, as camisinhas e todas essas coisas são muito giras, mas ficam guardadas para os dias mais festivos, porque para o dia a dia  não há nada como os babygrows práticos e quentinhos. E, por falar em práticos, há alguém neste mundo que me consiga explicar porque é que se fazem babygrows com aberturas atrás? Porquê, senhores, porquê? Cada vez que tenho de virar o Mateus de barriga para baixo para lhe fechar um babygrow nas costas é todo um filme. Por isso mesmo, já só compro os que têm aberturas à frente. E se puder ser com fecho, tanto melhor. Ficam as fotos das novas aquisições. Vale a pena aproveitar os saldos da Chicco, a partir da primeira peça todas as que se seguem têm 50%:

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14


15 comentários

De Rita a 14.01.2014 às 14:12

Olá!
Faço periodicamente essas limpezas também! e constato sempre que há roupa que já não serve ao meu filho (agora com 2 anos e meio) e há que ir ás compras! os saldos foram óptimos e o Freeport também!
a minha sugestão é ir sempre comprando algumas peças de tamanho acima para termos sempre alternativas no armário e não seguir os nºs da roupa mas sim os centímetros, por ex. agora não compro nada abaixo dos 104 cm (3 a 4 anos) apesar de o meu filho só ter 2 anos!
Boas compras e arrumações!

De Maria João Lopes a 15.01.2014 às 16:14

Olá Ana!

Também tenho um bebe que agora está com 4 meses e meio e concordo plenamente contigo! Os babygrows são mesmo uma boa opção! O JP tem alguns dos babygrows que vi nas fotos, muito giros e prácticos e realmente os que são de abotoar à frente são mesmo os melhores.
Cumprimentos para ti e para o teu pequenino. Tudo de bom!

De Anónimo a 15.01.2014 às 18:16

Subscrevo na íntegra quanto ao uso e abuso de babygrows, também comprei muitos fofos e golinhas e ele usou duas vezes roupa "normal" desde que nasceu (tem dois meses...). De resto, é o babygrow de noite e de dia (se eles dormem de dia, porque não hão-de estar de "pijama"??)

Quanto a esses babygrows de abertura atrás, quando tive a minha filha, há 2 anos, que ainda hoje é um trinta e um para conseguirmos vestir, quando está com os azeites, também os detestava! Só comprava com abertura à frente, mas agora com o S., sento-me, viro-o de barriga para baixo e coloco-o nas minhas pernas, e ele ica muito quietinho (o que, depois da M., para mim é um verdadeiro sonho!!!) à espera que eu abotoe as molas. E até acabo por gostar, agora, destes, pois na muda da fralda dá jeito ficar aquilo tudo à frente e não debaixo das costas!

De Anónimo a 16.01.2014 às 03:37

O ideal é mesmo as molas a frente para não estarem atrás a pressionar as costas do bébé principalmente nos primeirosé meses.

De Anónimo a 16.01.2014 às 18:26


Novas normas de pediatria? Mas há algo melhor do que um babygrow? Macios , suaves e com elasticidades. O bébé mexe-se à vontade.

Alguns médicos são como os padres. Os primeiros não têm filhos e aconselham e os segundos nunca casaram e aconselham casais sobre o que não sabem.

Há 50 anos (quando nasci) punham-se os bébés de lado, depois de barriga para cima, há 25 anos era moda porem-nos de barriga para baixo. Depois chegaram à conclusão que esta última posição não era boa. Então vá de os pôr de barriga para cima!

Então em que é que ficamos? Eu punha-os de lado e passados segundos já estavam de barriga para cima. Nunca tiveram qualquer tipo de problema.

IM

Comentar post


Pág. 2/2






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D