Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Mateus poliglota

por A Pipoca Mais Doce, em 06.05.15

Há mais ou menos dois meses, a convite da escola Helen Doron, o Mateus começou a ter aulas de inglês. Quando me falaram nisto o meu primeiro pensamento foi "então mas o miúdo não sabe falar português, quanto mais inglês!". Pensei que era coisa para ficar confuso, para começar a baralhar as palavras todas, mas rapidamente me deixei disso. Como o Mateus ainda está com os meus pais e não há grandes perspectivas de ir para a escola tão cedo, achei que a componente social lhe fazia falta, o estar com outros miúdos da idade dele, por isso lá fomos nós para o inglês. Sim, nós, porque como é óbvio ele ainda não se desenrasca sozinho. E porque, apesar de ser inglês para bebés, também tenho aprendido ou relembrado algumas coisas que já se me tinham varrido da memória.

Pois bem, as aulas são curtinhas. Mais ou menos 30 minutos durante os quais os miúdos ouvem músicas, dançam, fazem jogos, tudo sempre em inglês. A professora Margarida é um amor e tem uma paciência de santa para aturar o Mateus que, na maior parte do tempo, está mais interessado em jogar à bola, correr pela sala e desestabilizar a turma toda. São poucos meninos (acho que nunca fui a uma aula com mais do que quatro ou cinco) e é assim que tem de ser, para as aulas não se transformarem numa confusão pegada e para poder haver um acompanhamento mais personalizado. A verdade é que, no meio do que parecem ser apenas brincadeiras, eles realmente vão aprendendo. Os cds que damos na aula também nos são dados para trazermos para casa, e sempre que o ponho a tocar o Mateus associa logo aos gestos que aprendeu na escola. Quando o vi a acenar quando pus a música que diz "wave with this hand, wave with your other hand", percebi que, afinal, ele anda mais atento do que aquilo que eu pensava.

A verdade é que os miúdos são umas esponjas, apanham tudo em pouco tempo, mesmo que noutra língua, e o método da Helen Doron Early English também os estimula, mas sem ser chato ou cansativo. Aqui impera o conceito da aprendizagem com diversão e naturalidade e, nestas idades, isso parece-me mesmo o mais importante. Não espero que o Mateus saiba falar inglês fluentemente com dois anos, mas acho óptimo que, desde pequenino, se vá habituando a outra língua, que cresça com ela da mesma forma que cresce com a sua língua materna, até porque lhe vai ser útil ao longo da vida. Nas aulas aprende coisas como as partes do corpo ou os nomes de pássaros, e nós em casa vamo-lo relembrando, vamos pondo as músicas, vamos mostrando os livros do curso, porque como só tem aulas uma vez por semana convém ir repassando a matéria dada. 

O Mateus está inscrito no curso Baby's Best Start, para bebés dos três aos 22 meses, depois disso há mais 16 cursos, até aos 18 anos. Eu andei no Inglês imensos anos e adorava, mas já teria uns doze anos quando os meus pais me inscreveram. Acho que quanto mais cedo se começar melhor, há outra predisposição e outra capacidade de aprendizagem. Não posso garantir, que o Mateus não é pessoa que verbalize muito, mas acho que está a gostar das aulas, mais não seja pela brincadeira. E é engraçado ver que ele chega a casa e já liga o leitor de cds para ouvir as músicas da escolinha. Para mal dos meus pecados, está viciado em duas (a tal do "wave" e uma outra que implica pegar-lhe ao colo e levá-lo para cima e para baixo), se tento pôr outras começa aos guinchos ou desliga o CD, mas aos poucos isto vai lá. Pela parte que me toca, já sei as músicas de trás para a frente, já dou por mim a cantá-las sozinha. Como eu disse, as aulas também são para os pais. Perguntem-me lá os nomes dos pássaros, estou muita forte!

IMG_5993 2.jpg

A primeira aula do Mateus foi no Carnaval, daí estar vestido à David Luiz 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:55


Comentar:

De
(moderado)
Este blog tem comentários moderados.
(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D