Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Yes they can!

por A Pipoca Mais Doce, em 30.05.14

 

Quando vejo os miúdos de hoje em dia a falarem inglês fico completamente boquiaberta. É incrível como, com cinco ou seis anos, já têm tanto vocabulário em inglês, fazem frases, cantam músicas, etc e tal. Ando para trás no tempo e concluo que, com a mesma idade, eu sabia zero de inglês, mas acho que era o normal na altura. Não tínhamos tanta coisa à disposição (filmes, jogos, desenhos animados, músicas), e na escola o ensino de inglês começava mais tarde. No meu caso, só mesmo no 5º ano é que comecei a ter inglês. Mas acho óptimo que os miúdos comecem desde cedo a dominar uma segunda língua, quanto mais depressa se familiarizarem com um idioma diferente, melhor para eles.

 

Ainda não faço ideia de que tipo de escola vou escolher para o Mateus (ensino público? Privado? E que metodologia?), mas uma escola estrangeira é uma séria opção a considerar, precisamente por isso, pelo facto de tornar os miúdos bilingues, uma óptima ferramenta que terão pela vida fora. Mas bom, enquanto essa altura chega e não chega, deram-me a conhecer o método Helen Doron English, um método internacional de ensino da língua inglesa a bebés, crianças e adolescentes que tem por base o processo natural de aprendizagem da língua materna.

 

A ideia é que os miúdos aprendam inglés logo desde bebés (sim, aos três meses já podem começar a aprender qualquer coisinha), para que tudo decorra da forma mais natural possível. E quanto mais natural, mais eficaz. Este método não quer impor métodos de estudo agressivos aos miúdos, mas sim que aprendam a falar inglês da mesma forma que aprenderam a falar a sua língua materna. Ou seja, naturalmente.

 

Eu acho a língua portuguesa particularmente difícil, não deve ser pêra doce ser estrangeiro e ter de aprender português, mas acho que nós, portugueses, até dominamos outros idiomas com relativa facilidade, talvez pelo facto de consumirmos muitos produtos estrangeiros, sobretudo ingleses/americanos. Mas bom, a aprendizagem nunca é demais, por isso o método Helen Doron está dividido em 14 níveis. O primeiro nível, denominado Baby’s Best Start, destina-se a bebés entre os 3 e 22 meses, sendo um curso bilingue, dirigido ao bebé e à sua mãe ou pai. Os três níveis seguintes são só de conversação, enquanto que os últimos seis já incluem leitura e escrita. Tanto o método como os materiais foram desenvolvidos para as idades desde os três meses até aos seus 19 anos. Acho isto absolutamente espectacular, poder pôr um bebé tão pequenino em contacto com outra língua.

 

Com as crianças mais velhas, os professores desenvolvem um trabalho exigente em termos de competências escritas, gramaticais e de fonética, sendo a criança submetida a uma avaliação periódica, oral e escrita. Tudo isto num ambiente divertido, estimulante, motivador e confortável. As turmas são pequeninas (entre 4 a 8 alunos), para que as crianças possam ser acompanhadas de forma mais individual, e as aulas combinam factores como a audição repetitiva, a utilização de materiais desenvolvidos especficamente para este método, professores especializados, a idade e os conhecimentos de cada miúdo, conversação e aplicação da linguagem, e actividades que envolvem os cinco sentidos. Tudo isto faz com que os miúdos aprendam de forma rápida e natural.

 

 

Se acharem que um curso anual é demasiado para as vossas crianças, podem optar pelos cursos de férias, pelos cursos de teatros, pelas sessões de storytelling ou pelas animações em festas de aniversário. Podem também fazer uma aula de demonstração e um teste diagnóstico gratuito, para ver que tal os vossos pequenos se dão com o inglês.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:39


1 comentário

De Anita Costa a 30.05.2014 às 22:04

Tive uma experiência completamente diferente com as línguas!
Nasci e cresci na Suíça, por isso, os meus pais falavam português em casa e eu falava francês na creche! Durante a tarde tinha uma ama que os meus pais pagavam para me falar em italiano!
Aos 5 anos já falava português, francês e italiano! aos 10 anos comecei com inglês e mais tarde ainda tive aulas de espanhol!
Hoje, com 23, tenho duas línguas maternas e falo 5 línguas! Em Setembro vou iniciar uma sexta pois vou começar Japonês!
Sempre agradeci aos meus pais por me terem dado a oportunidade de falar tantas línguas!

Comentar:

De
(moderado)
Este blog tem comentários moderados.
(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.
Comentário
Máximo de 4300 caracteres
Inserir emoticons






Digam-nos coisas

apipocamaisdois@gmail.com

Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivos

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D